Em uma rápida busca na internet com as palavras “massagem tailandesa”, a metade dos resultados virá com frases como “super dicas para apimentar a sua relação”, “a melhor pedida para deixar seu parceiro louco de prazer” ou qualquer outra variável sobre isso.

A outra metade contará como a thai massage – como também é chamada – é uma massagem milenar que consegue incorporar, de maneira singular, a medicina tradicional chinesa junto a conhecimentos ayurvédicos e práticas de yoga.

Confie nessa segunda metade.

É por conta dessa curiosa combinação de técnicas, conhecimentos e filosofias que envolve a massagem tailandesa – muito por conta da história do país, que recebeu enorme influência cultural de seus vizinhos chineses e indianos – que já é possível desmistificar a thai massage.

Para começar, longe da pecha erótica, infelizmente, foi colada, a massagem tailandesa sempre é feita com cliente e terapeuta vestidos, com roupas leves e confortáveis para uma melhor flexibilidade nos movimentos necessários para a prática.

Geralmente, a massagem é feita no chão, com o terapeuta utilizando mãos, pés, cotovelo e joelho por todo o corpo, com manipulações corporais – acupressão, alongamento e torções – nas linhas energéticas do corpo, visando estimular pontos e canais de energia vital e, assim, desobstruir a energia estagnada, promover o aumento da flexibilidade e maior alívio da tensão e rigidez muscular.

Tudo isso feito de maneira suave, respeitando os limites do corpo de cada um, e, aplicada em ritmo lento, a massagem leva a um estado de relaxamento, não só para o corpo, como para a mente. liando isso com os alongamentos da yoga, estimula-se também a circulação sanguínea, reequilibrando nosso organismo para um melhor fluxo da energia interna – algo muito caro na medicina ayurvédica.

Por isso é provável que você tenha que esquecer muito do que já ouviu sobre massagem tailandesa – a maioria delas, provavelmente, inverdades – para experimentar essa terapia com mais de dois mil anos de vida.

Acredite, nessa união de massagem e yoga, não há prática melhor para o reequilíbrio energético, o alívio da tensão muscular e o relaxamento da mente.

Deixe um comentário